Lucas & Carol – Dia 25

DIA 25

It’s dark in the day now, I’ll say ‘Now don’t complain,
Look up, the sun is just a cloud away’.”
Rihanna

A sexta-feira amanhece nublada e logo cedo tem jogo no ginásio da UFRJ. Ela está vestindo a camisa branca que diz “Lucas G.” nas costas. Ele está inspirado, quase raivoso, castigando o time adversário e fazendo diferença no placar. É, de longe, o melhor jogador em quadra.

Faz um três sets a zero fácil e é cumprimentado pelos colegas pelo desempenho.

– Não tem como meu pai te ignorar por muito tempo se você continuar jogando desse jeito, cara. – Bruninho diz no vestiário. Ele apenas aquiesce.

Está incomodado. Não quer, mas está. Com ela. Por causa dela.

Ela, que está esperando do lado de fora do ginásio, sem as amigas. Sorrindo e comemorando o grande jogo que ele fez, mesmo que tivesse sido contra um time muito inferior tecnicamente.

Caminham lado a lado para o carro sem se tocar, ela fala sem parar sobre as melhores jogadas e suas preferidas. Ela é tão vibrante quando fala das coisas que ama. É difícil dizer que ela é infeliz, nesses momentos.

Quando estaciona em Copacabana, ela já parou de falar, sentindo que algo o inquietava. Almoçam num restaurante à beira mar sem dizer muitas palavras e caminham no calçadão.

É um daqueles momentos que ele sabe que ela não gosta de manter o silêncio. Ela tenta preencher lacunas, como ele sabe que aconteceria. Depois da terceira tentativa, ela cansa.

– Qual o problema, Lucas?

Ele não quer responder, porque sabe que pode se precipitar, mas ela insiste.

– Lucas? What the hell, por acaso eu fiz alguma coisa errada? Porque eu não to entendendo o tratado de silêncio.

– Só estou pensando, okay? – ele retruca e ela para, a testa franzida.

– E isso significa não falar comigo por acaso?

– Não é isso. – ele resmunga.

– Qual o problema em falar, então?

– O problema é que é sobre você! Sobre como eu não entendo você. Sobre como você chora e ri e o quão falso você soa às vezes!

Como é que é?

– Você é confusa e me deixa confuso. Na maioria do tempo eu não sei o que achar de ti, porque você ta bem e de repente chora ou reclama ou não gosta. É bizarro e está mexendo com a minha cabeça! Porque é diferente de tudo que eu sei.

Carol fica muito quieta enquanto ele fala. Ela olha para ele e em volta dele.

– O que você quer, Lucas? – ela diz com calma.

Ele passa a mão nos cabelos nervoso e bufa.

– Sei lá!

– Eu dei muitas oportunidades para você ir embora.

– Eu sei.

– Eu disse para você, que sou quebrada e chata. – sua voz fica mais forte. – Eu disse que não seria fácil.

Eu sei.

– Então porque diabos você ta entrando em crise agora? Você sabe, caramba!

– Você é egoísta e gosta de se fazer de vitima, mas adivinha só? Não existe vitima na vida! Todo mundo faz o que pode, Carol, e é como se você não desse metade de si. Às vezes você é uma farsa sim, e nem percebe. Acha que o mundo está contra você, mas é você quem está contra o mundo.

– De onde saiu tudo isso? – ela interrompe, mas ele não se abala.

– E a pior parte é que você não vai admitir que tenho razão.

Ela fica em silêncio mais uma vez por alguns instantes. Quando fala, sua voz é firme.

– Você devia ter ido embora quando teve a chance. – diz, e volta a caminhar na direção que iam.

Ela tem a carteira e o celular em mãos, dinheiro suficiente para voltar para casa com tranquilidade. Não espera que ele vá atrás dela, mas quer que isso aconteça. Não olha para trás, mas respira fundo. Ela não acha que ele tem razão. Acha que ele teve chances suficientes para ir embora, mas ficou. Não tem direito de dizer que ela é falsa. Não tem direito de dizer coisa alguma.

Ela presta atenção no que pensa e para. Dá meia volta. Ele está a meio caminho para voltar para o carro.

Há duas opções. Ela pode muito bem fazer o que ele não fez, seguir em frente e ir embora da vida dele de uma vez por todas, como tinha de ser. Mas ela volta. Ela dá uma corridinha e o alcança.

Andam de volta para o carro sem se tocar, nem falar nada.

——————————–

A música completa da epígrafe pros irmão aqui.

Advertisements

6 responses to “Lucas & Carol – Dia 25

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s