Lucas & Carol – Dia 27

DIA 27

I was scared, I was unprepared for the things you said.
If I could undo that I hurt you, I would do anything for us to make it through.”
Christina Aguilera.

É cedo quando chegam ao aeroporto, porque a primeira a ir embora é Thalia. As amigas parecem tranqüilas num primeiro momento, mas conforme os minutos passam e elas percebem que o que viveram durante aquele mês está oficialmente acabando, todas ficam chorosas e as fotos que ele se voluntaria a tirar são cômicas de um jeito trágico.

Almoçam todos em um restaurante ali mesmo e pouco depois do meio dia Nanda e Sara se despedem, porque têm que entregar a chave para a dona da casa e Sara ainda tem quase três horas de volta para Cabo Frio.

Carla e Carol são as únicas no mesmo vôo, rumo à capital paulista. Elas tentam parecer casuais, é meio difícil ignorar a situação com Lucas ainda ali. Elas aguentam firme até a penúltima chamada de embarque e se veem obrigadas a levantar, se encaminhar para o avião.

Carla se despede de Lucas primeiro, deixando a parte dramática para quem entende do assunto, se afastando e dando espaço para que ele e Carol pudessem dar seu adeus.

Ela se aproxima com um sorriso triste no rosto, a mala de rodinhas ao lado do corpo e ele é sério, curioso para saber como ela reagirá. Ela estende a mão para cumprimentá-lo.

– Bem… – ela diz, tentando manter a voz firme. – Foi divertido… um prazer. – completa, com um gesto de cabeça simpático.

– O que tu tá fazendo? – ele dispara, olhando para a mão estendida dela.

– Eu… – ela abaixa a mão, indecisa, e suspira. – Foi divertido.

– Você insiste em falar no passado.

– O que você quer que eu diga? Eu sei como as coisas acontecem, Lucas. – ela responde num tom tão tranquilo que ele não consegue se sentir ofendido. – Eu moro em São José do Rio Preto. Você tem uma vida inteira aqui, no Rio. É sua cidade, seu trabalho. Não posso querer que você se divida em ter que ir para aquele fim de mundo. Você tem sua carreira e eu sou só uma garota do interior. Nós tivemos nosso tempo.

Ele quer rebater. Quer dizer que é pura baboseira e que eles podem dar um jeito, mas sabe que ela está certa e que é muito difícil manter um relacionamento desses.

O problema é que ele gosta tanto dela. E sabe que ela gosta dele tanto quanto, mas a vida é tão complexa!

– Você quer que seja possível. – ela prossegue, naquele mesmo tom calmo, conformado. – Mas nós sabemos que não vai rolar. A sorte não está ao nosso favor.

Ele morde o lábio, procurando as palavras certas, mas ela sempre foi a tagarela da relação e ele só fala quando necessário.

– Eu queria… – ele começa. – Que a gente tentasse.

Ela sorri novamente e a dor é quase palpável. Se aproxima dele e ergue-se na ponta dos pés para ficar com o rosto próximo dele.

– Meet me in Montauk.¹ – sussurra e se afasta um passo.

Ela quer continuar andando rumo ao salão de embarque. Quer conseguir se afastar. Mas no momento que anunciam a última chamada para o vôo dela, ela corre para os braços dele e o beija demorada e apaixonadamente.

E quando vira as costas para ir embora, é como se ela nunca tivesse chorado tanto na vida.

————————-

¹Referência ao filme “Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembranças” que deve ser incluído na vida de todo mundo.
Música da epígrafe AQUI.

Advertisements

5 responses to “Lucas & Carol – Dia 27

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s