Éden – Capítulo 4

Gente, a Geovana fez um monte de banners lindos pra Éden, nem sei qual usar, eike emossoa *-* Muitíssimo obrigada, Geo!

———————————-

Éden3

CAPITULO 4

O maior problema no plano daquela estagiária maluca eram os meios.
O mundo estava acabando? Basicamente. A natureza vinha pedindo socorro há um bom tempo e ninguém parecia saber o que fazer exatamente a respeito, por exemplo. Ou os governos – corruptos, egoístas, interesseiros. Isso nunca foi novidade. Depois que a ideia dela foi posta em prática, de maneira geral, a população vive de maneira mais justa, sem classes pobres ou desmatamento. O crescimento populacional foi controlado, distribuído.
Seria ótimo, eu iria gostar muito mais se junto da intervenção não fosse cortada também a nossa curiosidade, levando junto nossa identidade.
Meu pai diz que é bom. Diz que não entendia exatamente quando tinha a minha idade, mas que percebeu que era necessário e fácil. Disse que eu entenderia quando passasse pela intervenção também – o quanto o mundo é simples de compreender, como a gente não precisa questionar.

Mas eu gosto de questionar, eu gosto de saber. Gosto de ser curiosa e aventureira, de entrar numa boa briga e ler Laranja Mecânica. Gosto de explorar profundidade. Meu filme preferido é A Origem!
E o grande ponto da humanidade não é se interessar?

Eu li as palavras de Dony no diário que ele me entregou.

“Meu nome é Donald Ferreira e sou exemplo desde os três anos de idade do que as crianças não devem ser ou fazer nessa sociedade que o mundo chama de Éden. Acho engraçado como alguém consegue chamar de paraíso um lugar no qual suas escolhas são tiradas de você. Um lugar que usou a Bíblia como desculpa para julgar os outros (justo a Bíblia, que aqueles com um pouco mais de interesse sabem dizer para não julgar o próximo). No qual condenam você caso você não seja o que eles querem.
Esse Éden que o Dony Ferreira de depois de dezoito de abril vai achar que é uma maravilha é uma mentira.
Michelle, lembra quando nós éramos pequenos e descobrimos o quão imperfeito esse mundo perfeito é? Lembra de termos jurado que salvaríamos a maior quantidade de pessoas que conseguíssemos – do marasmo, da mesmice, da passividade? Que chutaríamos e socaríamos e renasceríamos?
Vamos começar por nós mesmos.
E Dony de depois? É melhor acreditar em sua priminha, porque ela sabe o que faz.”

Existe um momento na luta corpo a corpo determinante da vitória ou derrota. Se você está ganhando, é o momento de administrar seus movimentos e adversário, garantir sua vitória. Se você está perdendo, duas opções: a) a mais simples, entregar a luta ou b) minha favorita, reunir toda sua força e determinação e partir para cima; se não ganhar, pelo menos você foi um bom adversário.
Depois que Dony voltou para casa no dia seguinte à intervenção, recebido calorosamente por toda a família – churrasco, alívio e comemoração em todo lugar -, todo mudado, todo certo do jeito errado, falando educadamente, sendo gentil com o Artie, brincando com as crianças; depois que eu vi o olhar contente, leve de tia Fanny e tio Bob porque o que eles chamavam de “imperfeições” do filho não existiam mais; depois de tê-lo abraçado e conversado todo tipo de bobeira com ele, de ter agido minha melhor performance de criança não-problemática; de discretamente ter entregado a ele uma das cópias do diário que ele mesmo vinha escrevendo durante o último ano e esperado ele ler a primeira página. Depois de ele olhar para mim e sorrir como quem se desculpa.
“Você sabe que isso é besteira, não Micha? Que agora eu sou uma melhor versão de mim mesmo, não?”
Depois de tudo isso. Era o momento decisivo da luta.
“Não é.” Eu respondi, só para receber aquele sorriso apologético de novo. “Só… leia o diário, okay? É pedir de mais?”
E pelo olhar de pena dele, parecia que sim.

Advertisements

One response to “Éden – Capítulo 4

  1. QUERO MEU DONY DE VOLTA SAI. Mds sério quero a revolução e o Dony de volta e mds fia para com ças coisas ninda que me fazem sofrer.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s