Amor às Avessas – Capítulo 7

Penúltimo capítulo. Amanhã sai o gran finale. x

____________________________

Capítulo 7

Na virada de ano, embora eu não estivesse muito afim, aceitei o convite de Lenora para ficar na casa dela. Eu viajaria no dia 2 de janeiro e estava ficando na casa dos meus pais, que fica a poucos quarteirões do prédio dela. Fui à pés mesmo e quando cheguei lá, fui recebida com um coro de “All you need is love” emocionado. Tinha gente até da minha turma da graduação ali e fiquei um tempão só para cumprimentar todo mundo. Eu não tinha ideia de como Lena conseguiu colocar tanta gente naquele apartamentinho dela, nem como ela conseguiu convencer todo mundo a passar o ano novo na nossa cidade, mas fiquei muito feliz.
Parecia que aquela era a noite da sobriedade e pouca gente bebeu mais que uma lata de cerveja e um pouco de vinho. Lenora me abraçou longamente e pela sua respiração eu podia dizer que ela estava se esforçando para não chorar. Eu entendia o sentimento. Eu mesma estava me esforçando muito para não me debulhar em lágrimas todos os dias por todas as mudanças em minha vida e tudo que eu tinha que deixar para trás, mesmo sabendo que era o melhor a ser feito.
“Não importa, Helô.” Ela sussurrou e olhou nos meus olhos. “Eu amo você.”
Sorri. Se ela soubesse de metade, acho que importaria. Mas se você olhar de perto vai perceber que não importa mesmo. É difícil chegar a conclusões quando nada realmente aconteceu.

Murilo estava lá.
Tomei vergonha na cara, enchi duas taças de champanhe e fui falar com ele na varanda.
“Heloisa.” Ele cumprimentou cordialmente e eu sorri, entregando a taça para ele, que aceitou.
“Oi Murilo.” Olhei bem para ele, tentando enxergar tudo que ele significava para mim. Eu havia me aproximado dele para me afastar de Miguel, mas não funcionou muito bem. “Espero que tenha passado tempo suficiente.”
Ele se apoiou na grade, olhando a rua.
“Eu não entendo.” Finalmente disse.
“Não tem nada para entender.”
“É claro que tem!” ele disparou, olhando para mim de um jeito inconformado. “Há quanto tempo nós estávamos juntos? Dois anos? E você toma uma decisão dessas, você vai embora sem nem ter perguntado para mim o que eu acho.”
“É porque você não tinha que dizer o que achava.” Falei, tentando não soar egoísta. Ele bufou e desviou o olhar. “É sério, Mu, não era escolha sua.”
“Mas eu poderia…” ele perdeu a linha de raciocínio por um instante. “Sei lá…”
“Me fazer ficar?”
“Não.” Murilo respondeu rapidamente, se virando para mim de novo. “Não. Heloísa, é importante de mais para sua carreira.” Comecei a concordar, mas ele continuou falando. “Eu poderia… ir junto.”
Abaixei os olhos para a minha taça.
“É aí que está, Murilo. Eu preciso desse ano para mim. Preciso reorganizar minha vida.”
“Se distanciar.”
“Sim.” Afirmei, olhando para ele.
“Um ano.” Confirmei com a cabeça. “Okay.”
“Você vai encontrar alguém melhor que eu.” Falei, me aproximando dele. Ele era tão alto que eu tinha que olhar para cima. “Eu nunca fui certa e nunca mereci você mesmo.”
“Veremos.” Ele sorriu pela primeira vez e deu um beijo na minha testa. Era o mais próximo de resolvidos que poderíamos chegar no momento.

Miguel insistiu em caminhar comigo até a casa dos meus pais, mesmo eu falando que não era necessário. Eram três quadras, pelo amor de Deus! Mas ele fez questão. Assim que saímos do prédio, ele começou a falar.
“A Lena queria muito fazer uma despedida para você. Vocês sempre foram muito próximas.” Sr. Óbvio. “Ela não queria dizer para você, mas ficou chateada por você não ser madrinha. O problema é que ela também sabe que a proposta de estágio é muito importante para sua carreira, né?”
“Eu pensei muito, Miguel.” Falei. “Por meses.”
“Eu sei. Ela falou a verdade quando disse que não tinha problema. Prioridades.”
Comecei a formular uma resposta, mas ele foi mais rápido que eu e continuou falando.
“Mas se você puder, você volta, não é? Para o casamento. Eu sei que você voltaria.”
“Sim, claro.” Encerrei o assunto e andamos por um quarteirão em silêncio.
Quando Miguel ameaçou voltar a falar, não pensei duas vezes e grudei meus lábios nos dele. Era tão insano que imediatamente senti as lágrimas escapando dos meus olhos. Ele estava paralisado e o momento não durou mais que um instante.
Rapidamente, me virei de costas para ele e tampei os olhos, um soluço inconsolável saiu do meu peito.
“É mentira. Eu não vou voltar pro casamento nem se eu puder. Eu não vou voltar nunca mais. Eu não posso.”
Ele não se mexeu e respirei fundo algumas vezes, tentando me controlar. Minha voz soava estridente, desesperada.
“Eu não vou voltar.”
Engoli em seco.
“É melhor você ir embora.” Apontei com a cabeça na direção do prédio e ele fez que sim. “Nem precisava ter acompanhado em primeiro lugar.”
Virei as costas e voltei a seguir na direção da casa dos meus pais, tentando parar de chorar, mas depois de poucos passos, parei.
“Miguel?” me voltei para ele, que ainda estava no mesmo lugar. “Em algum momento… teve algum momento que você chegou a pensar que poderia ser eu e não ela? Isso… alguma vez passou pela sua cabeça?”
Ele ficou em silêncio por um longo momento antes de falar.
“Não.”
Soltei o ar que nem percebi estar prendendo e mais lágrimas rolaram. Eu sabia. Eu só precisava ter certeza absoluta. Fiz que sim com a cabeça e caminhei para casa.

Advertisements

2 responses to “Amor às Avessas – Capítulo 7

  1. MY HEART IS BROKEN. MDS GENTE MDS MDS MDS MDS MDS MDS MDS A MINA E OS CARINHA E GENTE PERA baque na vida dela mds isso é de quebrar o coração e o miguel mds nem por um minutinho mds que du mal E O MURILO GENTE PERA
    Espero estar viva até amanhã, vdd;
    AND ALL YOU NEED IS LOVE

  2. Sério, to torcendo para o Murilo rs
    O Miguel nem teve nem um pensamentosinho diferente da Helo 😥
    meu coração dói tbm
    QUERO MAIS!!
    PS: Diz que terá uma continuação, please!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s