#nope

Não é você, sou eu

Não entenda errado, por favor

É difícil de explicar

Eu não sabia o que dizer

Não é como se algo tivesse acontecido

Cale a boca, ela grita em silêncio. Não pedi para você falar nada. Apenas cale a boca.

Ela vê dedos entrelaçados em dedos que não são os dela. Vê sorrisos que não são para ela. Vê a palavra sendo repetida diversas vezes. Diversas vezes. Diversas vezes.

Não. Não dessa vez.

Ela diz para si mesma que seu coração está tranquilo (Ele está. Ele com certeza está. Sério.), mas olha para suas mãos e elas não estão dadas com nenhuma outra; sorri, mas é para o vento com quem dialoga.

O sorriso se desmancha por um instante e ela respira fundo.

Cale a boca. Apenas cale a boca, cérebro.

Volta a sorrir.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s